Reintegração Social De Pessoas Privadas De Liberdade: O Desafio De Começar De Novo

Teste agora Assinatura sem compromisso. Cancele quando quiser.

Sinopse

É uma obra que busca entender o processo de reintegração social, pela qual passam as pessoas privadas de liberdade após saírem da prisão. Um trabalho derivado de uma pesquisa realizada durante o mestrado em Psicologia na Universidade Federal do Amazonas. O pressuposto teórico que embasa as análises é o modelo Bioecológico do desenvolvimento humano, que integra distintos níveis de análises: microssistema, ecossistema macros sistema no intuito de compreender como a resiliência, o otimismo e a esperança podem contribuir no enfrentamento do ''retorno à
liberdade'' tendo em conta as características pessoais, a natureza do crime e a configuração de fatores contextuais que o acompanham a pessoa provada de liberdade durante todo o processo de reintegração social. Após o estudo pode-se compreender que há uma relação entre resiliência e reintegração social, além disso, em pessoas que experimentam maior otimismo e esperança diante da vida podem ter comportamentos positivos e resilientes durante o período do cumprimento da pena em liberdade, o que favorece a reintegração à sociedade e a superação de adversidades que possam surgir. Os resultados podem auxiliar na elaboração de políticas públicas na área da segurança e direitos humanos, pois compreender o sujeito que está no processo de reintegração social favorece o entendimento do
sistema de justiça e das ações desenvolvidas.