De Charles Miller A Gorduchinha: A Evolução Tática Do Futebol Em 150 Anos De História

Teste agora Assinatura sem compromisso. Cancele quando quiser.

Sinopse

Nnuma das reuniões mensais do Memofut - Grupo de Literatura e Memória do Futebol, Darcio Ricca e Alexandre Andolpho, apaixonados pesquisadores de táticas e estratégias do futebol, fizeram um apanhado de como o futebol evoluiu no mundo, desde que a primeira bola rolou nos gramados de uma escola inglesa.
Os esquemas táticos dos primórdios do futebol (1863 a 1883) foram sendo aprimorados ao sabor das necessidades esportivas e até sociais, como mostrou o professor Hilário Franco Junior, em "A dança dos deuses: futebol, sociedade, cultura" (Cia. das Letras, 2007) onde prova que a evolução das regras do esporte – e, por consequência das táticas – atendeu a específicas necessidades do jogo que podem ser entendidas no contexto da adaptação do esporte às mudanças no mundo. Não se tinha, porém, um estudo completo, que explicasse como e porque essas mudanças aconteceram.
Por conta da repercussão do seminário que apresentaram no Memofut, a LIVROSDEFUTEBOL os convidou para desenvolver um estudo completo sobre o tema. A certeza de que estávamos no caminho certo veio da leitura do sumário proposto, que faz parte desta apresentação.
A proposta inicial – desde Charles Miller, o paulistano filho de ingleses que trouxe as primeiras bolas de futebol e o primeiro livro de regras para o Brasil até os dias de hoje, representado por um dos inúmeros nomes que a bola de futebol tem em nosso País – foi grandemente ampliada, porque era preciso entender os primórdios para pegar o gancho dos primeiros pontapés em nossos campos, perceber e comprovar porque nos tornamos, desde então, os líderes do esporte no mundo.
Como o futebol começou e se desenvolveu em nosso País? Quais as contribuições dos técnicos e jogadores do futebol brasileiro para a evolução do esporte? Quem são eles e como essa evolução se deu? Como e por que as táticas e estratégias foram se aprimorando? Quais as relações do futebol com a sociedade e como isso interferiu no jogo?
Trata-se de uma obra definitiva sobre o futebol no Brasil, sem perder a visão do esporte no mundo e como, em tempos de internet, essas interações acontecem mais rapidamente. O prefácio é de Max Gehringer que, além do seu trabalho de consultor de empresas, é profundo pesquisador do futebol.