Da Eloquência Das Lápides E Outros Poemas

Teste agora Assinatura sem compromisso. Cancele quando quiser.

Sinopse

Com lirismo visceral, o livro Da eloquência das lápides e outros poemas arrebata os amantes da literatura. Uma poesia lapidada, com raiz em intuições genuínas, artesanalmente esmerada em versos impactantes. Nos poemas, um conjunto de sensações harmonicamente estruturadas induz os espíritos a um permanente estado de suspension of disbelief (suspensão de descrença), expressão de Samuel Taylor Coleridge. Sem perceber, o leitor é inebriado pela cativante atmosfera poética, sentindo -se sadiamente embriagado, como Charles Baudelaire no poema Embriagai-vos: “Deveis andar sempre embriagados. Tudo consiste nisso: eis a única questão. Para não sentirdes o fardo horrível do Tempo, que vos quebra as espáduas, vergando -vos para o chão, é preciso que vos embriagueis sem descanso/ Mas, com quê? Com vinho, poesia, virtude. Como quiserdes. Mas, embriagai -vos” (trad. de Paulo de Oliveira). Obra para ler e reler