Língua - O Gozo De Ulysses

Teste agora Assinatura sem compromisso. Cancele quando quiser.

Sinopse

Extraordinário diário de leitura do clássico Ulysses, de James Joyce. Sem se preocupar com o gordo catálogo de regras acadêmicas que costuma assustar os que se aproximam de Joyce, Noga ousou não apenas lê-lo, ou escrever sobre ele, mas compreendê-lo como igual, parceiros dedicados de vício e ofício. O crítico literário José Castello confessa se surpreender com a leveza com que Sklar trata Joyce, ao afirmar: "É fantástico como Noga consegue pisar os tapetes de Versailles calçando havaianas! A sinceridade com que escreve também me apaixona, e, sobretudo, sua coragem intelectual".
Edição comemorativa dos 90 anos de publicação do Ulysses, ampliada e atualizada com novo prefácio da autora, escrito em Paris na data do aniversário, em 2012.
Com prefácio de Arthur Dapieve.

"O gozo de Ulysses” se candidata a ser mais uma referência sobre a obra-prima de James Joyce. O melhor da conversa é a falta de pretensão (ou um pouquinho só de pretensão). Noga trata o leitor sem esse pecado comum entre quem lê Joyce e passa o resto da vida a sentir-se gênio por causa disso. Ela não cai nessa. Assim, acabou ge- rando um bom livro, divertindo-se e divertindo, no melhor estilo de Joyce.
Nelson Vasconc...