O Quinto Postulado: Mulher, Mentalidade E Censura Nas Páginas De O Pasquim

Teste agora Assinatura sem compromisso. Cancele quando quiser.

Sinopse

Este estudo analisa a produção dos cartunistas de O Pasquim entre 1969 e 1985, investigando a linha de pensamento expressa pelo jornal em relação ao feminino. No decorrer do estudo, encontramos semelhanças entre a ótica do jornal e a visão conservadora da censura rio que diz respeito à mulher. Levantamos a hipótese, então, que o encontro desses dois extremos só poderia ocorrer por um ponto comum aos dois, e este ponto seria a mentalidade prevalecente, no Brasil da época sobre os papéis da mulher. Encontramos na década de 1960 uma ambientação cultural que ensejou o surgimento de um jornal vanguardista como O Pasquim, por isso a pesquisa caminha, justamente, no sentido de compreender a contradição entre o discurso do "novo" adotado pelo O Pasquim, e o discurso reacionário do jornal, muito semelhante ao dos censores, no que diz respeito ao universo feminino.