Pessoa, Lugar E Esperança: Teologia E Literatura Em Vidas Secas

Teste agora Assinatura sem compromisso. Cancele quando quiser.

Sinopse

O vínculo entre a literatura e a teologia é a palavra. E toda palavra é criadora, pois somente uma é a Palavra e toda palavra deriva dela. Quando Deus fala ao homem, faz do homem seu interlocutor final; é para o homem que a palavra se manifestou no mundo e é no homem que ela ganha símbolo. A palavra do homem é potência da Palavra de Deus.
Mesmo quando um livro não fala do nome de Deus ou não se ocupa em falar de coisas sagradas, ainda assim diz “Deus”, pois, na palavra, o homem sempre cria, e o criar pela palavra é preeminência de Deus, primeiro criador que criou do verbo. Estas palavras do homem são sempre um falar do mundo humano para poder expressá-lo fora-de-si para um outro-de-si.
Interlocutor primeiro da literatura é o homem, mas Deus nunca deixará de ser o interlocutor último de toda prosa e verso.