Sinopse

Rede que é sina magnética.

Episódios

  • Não Saia Da Linha

    Não Saia Da Linha

    04/09/2019 Duração: 04min

    Não Saia Da Linha by Ronni Goltara

  • Marinada

    Marinada

    10/05/2018 Duração: 04min

    Marinada by Ronni Goltara

  • O Sopro

    O Sopro

    09/07/2017 Duração: 04min

    O Sopro by Ronni Goltara

  • Compostela - Ronni Goltara

    Compostela - Ronni Goltara

    07/05/2017 Duração: 03min

    Compostela - Ronni Goltara by Ronni Goltara

  • Berço Dágua - Ronni + Sofia Portela

    Berço D'água - Ronni + Sofia Portela

    27/01/2017 Duração: 02min

    Berço D'água - Ronni + Sofia Portela by Ronni Goltara

  • Peixe Bravo - Ronni + Lorenzo (para Spinetta)

    Peixe Bravo - Ronni + Lorenzo (para Spinetta)

    23/10/2016 Duração: 04min

    tem barulho, tem som dá pra ouvir você do quintal vem trovão, é temporal fecho a casa, passo sal protejo-me de todo mal tem maré, tenho que nadar guarda-chuva pra que essa água é de beber vou cantando, você precisa ver boto o leme na fé limpo a rede, masco jambú reta a linha rente Cruzeiro do Sul jogo a linha, travo o anzol busco a meta que rodeia a briga é feia, a briga é feia vem de lá de baixo o peixe vem luzindo prata no sol vem de lá de baixo o milagre vem a jade, vem a jade o quê que há Luiz por quê eu entendo tudo o que diz o quê que há Luiz O que que há.

  • Drum - Ronni + Diogo

    Drum - Ronni + Diogo

    20/10/2016 Duração: 04min

    "Drum" Ronni Goltara / Diogo Goltara -- Dentro do meu quarto escuro escuto seu zumbido bem no meu lugar ligo o rádio alto, mudo tudo e conto os dias pra você chegar eu pisco a luz pra incomodar Saio de vestido curto, azul florido, ombros dando para o céu pulo o muro, agito a festa, estrago tudo, da balança o fiel sem direção, cem balões no ar Eu sou tambor pra te ver dançar Bato outra vez, acelerado prum novo amor que me ache ou então se deixe achar Vendo toda minha poesia e invisto tudo em afinação como posso te esperar aqui parada se você não sai do tom Me dê sinal, jogue as mãos pro ar Que você erre pra eu acertar

  • Start Again (Ronni/Kassio/Neire)

    Start Again (Ronni/Kassio/Neire)

    09/10/2016 Duração: 02min

    Start Again (Ronni/Kassio/Neire) by Ronni Goltara

  • Olhando Com Os Dedos

    Olhando Com Os Dedos

    24/07/2016 Duração: 02min

    Olhando Com Os Dedos by Ronni Goltara

  • Fora Do Tempo

    Fora Do Tempo

    26/04/2016 Duração: 01min

    Fora Do Tempo by Ronni Goltara

  • Sete Dias / part. Lorenzo Gazel

    Sete Dias / part. Lorenzo Gazel

    02/04/2016 Duração: 03min

    solo violado de L.Gazel.

  • Fuga - dia 1, DEMO

    Fuga - dia 1, DEMO

    03/01/2016 Duração: 03min

    Cada signo que se traduz do seu olhar como zero e um faz seu ritmo ser singular, justo pra me fazer dançar. Podia ser só mais uma notícia ruim que eu achei juntando cacos e cacos. Mas bem no meio desse dia frio aconteceu de você se perder de mim. Eu deixei detalhes de uma fuga de carro e um roteiro de um filme que ninguém viu. Eu pintei num mapa um futuro de esmalte, mas só que ninguém viu. Uma flor, um vazo, uma sala vazia e cadê você? Era sal, açúcar, a gaveta aberta e nem resquício de café passado. Já procurei debaixo de cada cobertor, nos seus amigos e na aula de inglês, nas Filipinas e no Paraguai. Eu deixei detalhes de uma fuga de carro e um roteiro de um filme que ninguém viu. Eu pintei num mapa um futuro de esmalte, mas só que ninguém viu.

  • Transubstanciação

    Transubstanciação

    29/12/2015 Duração: 03min

    Um dia faremos nossa coisa, tanta coisa. Uma casa enroscada, sem janela, sem entrada. Nasceremos como fruta, por debaixo, para dentro. E a fome que se come, você de mim e eu de você. Paridade, equidade, reflexo do corpo nu. Santo esporte, badalo de coração. Quatro lados, seis paredes, jogue o dado para longe, não há valor algum. Um a um tende a zero se a conta é feita a mão. Em verdade há razão e novidade, tem vontade, tem gozo, tem solidão. A reciprocidade é intermitente, é corrente, é transubstanciação. A vontade vem com cheiro de maldade, sem não tem luz tem tato, perfeito o grão. Fio vermelho ou azul não importa o corte, minto a morte, enganamos o perdão.

  • Cada Dia Mais Dezembro

    Cada Dia Mais Dezembro

    27/12/2015 Duração: 05min

    Feat. Sofia e seu tecladinho vivo

  • Back To Medications (solitary sessions - 2011)

    Back To Medications (solitary sessions - 2011)

    07/12/2015 Duração: 01min

    old song. sem letra por motivo óbvio #RIPScottWeiland

  • Monte Ao Mar

    Monte Ao Mar

    12/11/2015 Duração: 03min

    Há no mar vaga oscilação d'água que sobe o vento e invade o ar O horizonte me faz pescador, rede que é sina magnética Súplica pra São Pedro, vem comigo Yemanjá Eu deixo a brisa em minha casa que preciso trabalhar Assim se iça a vela e ela abre a janela O vento que nos separa é o mesmo que vai juntar Lua cheia. Já é hora de puxar a rede e remar, vou voltar e te achar de novo Lua cheia. Se não tem estrela pra guiar na hora 'H', eu me agarro em fé e miro o monte ao mar Cada dia é como um grão de areia em meu castelo a se levantar O pensamento invade, o sentimento cabe, a saudade sabe nadar

  • Me dê preferência

    Me dê preferência

    20/03/2015 Duração: 03min

    Me dê preferência Ainda que me ache oco, não me chocarei Eu tenho um milhão de habilidades que você não tem É tudo mentira, falsa idoneidade de porta de bar Não me leve a sério, me carregue antes de eu terminar Fascículo, Ventríloquo. Aprenda a me usar Me rabisquei escroto, me desenhei todo torto pra chamar atenção Mas nessa cidade o que vinga é mandinga de salão Imagine quantos tragos dediquei, quantos filmes no privé Olha aqui garota, me vira Me dê preferência, por favor me dê preferência Aperte o gatilho, me escolha, facilite para mim Me dê preferência, por favor me dê preferência Me rogue toda praga que quiser mas não desista de mim Ainda que me ache oco, eu ainda tenho um milhão de mentiras Imagina quanta vontade. Olha aqui garota, me vira Colérica, telúrica. Aprenda a me usar.

  • Bienville Parish

    Bienville Parish

    06/11/2014 Duração: 03min

    "meia por dia" #8

  • Rebote.

    Rebote.

    05/11/2014 Duração: 03min

    Ela me deu o seu amor e eu peguei um trem, saí´de mala, fui passear e vaguei além. Ela me deu o seu amor e eu peguei um trem, saí de casa, dei um perdido e achei ninguém. Na parte funda da lagoa me peguei pensando nela, naquele ponto fora da curva eu também lembrei da lua lá que brilha na jala dela pro lado de cá. Caju, cajá, o gosto dela é fruta doce, fumo sabiá, que derrete na boca, na língua desmancha, viaja de automóvel, mobilete, moto e lancha. 'Peraí', ninguém sai até eu me achar. Ela me deu o seu amor e eu peguei ninguém. Falido, fido, fungo, vou e volto, bato e fico também. Ela me deu o seu amor e eu peguei um trem, revolto, me desfaço, me reseto, admito aquém. E ao menos que a cheia de maio me leve a passarela, me rumo, me aprumo e ensaio pra ver Ana na lua lá, que brilha na jala dela pro lado de cá. Caju, cajá, o gosto dela é fruta doce, fumo sabiá, que derrete na boca, na língua desmancha, viaja de automóvel, mobilete, moto e lancha. 'Peraí', ninguém sai até eu me achar.

  • Sorte do Dia

    Sorte do Dia

    02/11/2014 Duração: 02min

    "meia por dia" #6

página 1 de 2

Informações: